FAQ

Como faço para contratar o Sergio Motta? É fácil. Vá no item palestras e preencha o item PEÇA ORÇAMENTO. Faça o mesmo procedimento para qualquer outro serviço.
Como faço para contratar os “programas de aprendizado do site”? Entre em qualquer “programa de aprendizado” que oferecemos e veja ao lado direito o item PEÇA ORÇAMENTO. Preencha com o máximo possível de informações e entraremos em contato rápido para atendê-lo.
Como foi seu roteiro de viagem pelo mundo estudando o ser humano? Primeiro, viajei por 24 países da Europa e Norte da África, gastando em média dez dólares por dia, focado no crescimento pessoal. O orçamento curto e a mochila nas costas eram os ingredientes ideais para me forçar a buscar soluções criativas para as dificuldades. Depois, meu desafio levou-me aos Estados Unidos, onde percorri os 3.917km da Route 66, em 66 dias, num esforço em que percebi a vantagem de se fazer um planejamento sobre até onde pretendemos chegar. Em seguida, meu objetivo foi Machu Picchu, que atingi pela trilha dos incas. No contato com essa civilização do passado, vivenciei uma forte experiência de espiritualidade e me aprofundei nas observações sobre o funcionamento dos grupos, como as pessoas se relacionam entre si. O comportamento de algumas pessoas me fascinou particularmente e decidi percorrer os mesmos caminhos do líder mais carismático da civilização ocidental, Jesus Cristo. Reconstituindo os passos de algumas passagens bíblicas, pude me aprofundar nas técnicas de liderança do homem que inspira até hoje a fé de bilhões de seres humanos.
Quando será sua próxima viagem? Tenho planos para embarcar em breve, para dar seqüência aos estudos sobre a Ciência do Ser. O roteiro ainda não esta definido, mas sinto necessidade de continuar minhas pesquisas sobre o ser humano. Penso em ter patrocinadores, pois as viagens estão mais complexas e há muitas oportunidades nos meus roteiros.
Qual editora reeditou seus novos livros? Foi a minha editora SOLETRAS, que montei em 2001 para reeditar meus novos livros. Esta é uma coleção de títulos de AUTO-AJUDA em que é desenvolvido o conceito de viagem-aprendizado. Procurei unir uma narrativa inteligente as emoções das aventuras de viagens por diversos lugares do mundo à observação do comportamento humano. Revisadas e Atualizadas, cada título põe em foco um tema para ajudar profissionais a progredirem na carreira ao mesmo tempo em que buscam maior maturidade no plano pessoal. Melhor ilustrado, com diagramação moderna, novas capas e ótimo preço, é uma excelente indicação tanto para habituais consumidores do gênero como para quem apenas quer uma leitura instigante. Por abordarem temas universais que sempre preocuparam o pensamento humano, os livros são recomendados para várias faixas etárias. Minha sugestão: embarque nesta viagem de crescimento individual.
Qual o conteúdo dessas novas reedições? Uma Aventura Legal- Soluções Criativas
É o relato de uma viagem-aprendizado por 75 cidades da Europa e África ao longo de 3 meses em que o autor presenciou o cotidiano de pessoas comuns em 24 países. As experiências e observações sobre os contatos com os personagens são relatados com tanta emoção e riqueza de detalhes que tornam o leitor protagonista, compartilhando descobertas e sensações. O jovem viajante descobre a importância do crescimento interior, potencializado quando os problemas são resolvidos com criatividade. Além disso, há mais de 1.000 dicas de como viajar pela Europa gastando em média 10 dólares por dia.
Route 66- Planejamento Estratégico
Conta os solitários 66 dias de uma viagem-aprendizado pelos 3.917 quilômetros entre Chicago e Santa Mônica, atravessando oito Estados e 102 cidades. O leitor terá a chance de acompanhar um caminho em que a liberdade, a busca espiritual e a batalha contra o medo ganham nova dimensão na mitológica Route 66. A narrativa assume ares de documentário sobre a história da estrada sem perder o tom humano porque, na verdade, o autor está interessado nas pessoas que construíram e mantiveram a grandeza da mother road.. A estrada, como metáfora da vida, abre espaço para se abordar as vantagens de se ter uma estratégia para cada caminho que se trilha.
Nazaré- Dez Mandamentos da Liderança
Relata uma viagem-aprendizado que o autor realizou na Terra Santa, pesquisando as características humanas, os locais por que passou Jesus e o por quê de ele ter se tornado o maior líder conhecido. Aventuras e coincidências fantásticas atravessam a trajetória do viajante, recheada com o aprendizado de culturas orientais. A história reserva uma série de surpresas, uma lanterna mágica que deixará refletidas na memória do leitor imagens inesquecíveis, repletas de personagens e sentimentos.
Machu Picchu- Trabalho em Equipe
É o resultado da viagem-aprendizado por dez mil quilômetros entre a Bolívia e o Peru. A aventura de um tesouro perdido desemboca na quase heróica jornada do caminho inca até Machu Picchu. A cidade sagrada revela ao autor que ele atendera a um chamado para resgatar sua espiritualidade. Se nos títulos anteriores, o autor se preocupava com a busca interior, agora a luta é pela harmonia em grupos que por circunstâncias precisam conviver. Prepare-se para embarcar numa viagem inesquecível, que poderá ajuda-lo a descobrir a verdadeira trilha da felicidade.
Evolução Consciente- Seu Diferencial Competitivo
É um livro baseado numa nova postura de vida pessoal e profissional, desenvolvida pelo autor que foi cobaia em suas viagens pelo mundo e observou na prática os limites e as transformações do ser humano. Com a ajuda de fábulas, frases de pessoas célebres e suas próprias experiências nas viagens-aprendizado ao redor do mundo, você vai conhecer as armas – percepção, criatividade, mente, emoção, boa divisão do tempo – o método, que é estar disposto ao aprendizado contínuo, e o contexto em que tudo isso se dá – as relações pessoais, familiares, amorosas e profissionais. Só entende o mundo quem estiver preparado para sempre começar de novo.

Os livros possuem traduções? Todos os 5 livros estão traduzidos para Inglês, Francês, Italiano, Espanhol e Alemão.
O que é viagem- aprendizado? Uma viagem-aprendizado representa a ruptura do cotidiano. Fora dele, onde as variáveis de relacionamento e comportamento são conhecidas, a pessoa precisa intensificar seus instrumentos, lançar mão de suas qualidades e habilidades no sentido de encontrar soluções para os problemas novos. Por seu caráter intenso, a viagem é um microcosmo da vida, apresentando praticamente todas as situações com as quais lidamos no cotidiano dentro de um período determinado em que se conhece o começo e o fim.

E por que viagem-aprendizado? Porque implica um processo consciente. Não adianta viajar sem ter a percepção ligada para as diferenças. A idéia é fazer a pessoa ter ciência do ser humano, portanto deve ser cobaia dela mesma. Assim, propus-me um desafio: viajar sozinho gastando o mínimo possível. As dificuldades que surgissem seriam encaradas como meios de conhecer os limites, meus e daqueles com que seria forçado a conviver. A tônica seria viver sem medo de me expor ao desconhecido e aprender o máximo com as experiências. As reflexões que se seguem são o conjunto de tudo o que recolhi de importante nestas “investigações”.

Como surgiu a idéia sobre sua filosofia de vida Ciência do Ser? Morava nos Estados Unidos, em 1992, numa época em que dividia meu cotidiano entre o tanque de lavar pratos de um restaurante de Boston e aulas de um curso de gerenciamento de marketing na Universidade de Harvard. Comecei a fazer anotações sobre o comportamento que eu deveria ter diante das circunstâncias da vida e a observar reações de outras pessoas em situações semelhantes às que vivi. Buscava referências do pensamento moderno, sem encontrar aquilo de que realmente necessitava para comprovar ou negar a viabilidade das minhas convicções. Percebi que precisava aceitar o desafio de sistematizar aquelas idéias e enriquece-las, avançar nas minhas reflexões a fim de contribuir para o homem ter percepção de totalidade.
O que é a sua filosofia de vida Ciência do Ser? Ciência do Ser é a filosofia que prega a necessidade de o homem buscar o aumento de sua produtividade dentro de princípios éticos. Os seres humanos estão a todo o tempo atrás de resultados na vida e a medida deste sucesso varia no tempo e no espaço. Mas pode-se dizer que a mais genérica destas medidas é a felicidade. Portanto, a Ciência do Ser entende o conceito “produtividade” de maneira mais ampla. Não na sua acepção puramente empresarial, mas no sentido de produzir resultados, na vida amorosa, familiar ou profissional.
Como você teve a idéia de viajar pelo mundo? Toda ciência precisa de um método. Então, qual metodologia a Ciência do Ser deveria adotar para estudar o ser humano e propor caminhos para o aumento da sua produtividade? Concluí que tinha de começar este processo por mim, ser a minha própria cobaia, caso contrário não conseguiria convencer os outros. Em todas estas andanças, tive contato com as mais diferentes culturas e modos de encarar a vida. Muitas pessoas contribuíram com atitudes e comentários para que elaborasse algumas das colocações desenvolvidas neste trabalho. Mas, sem dúvida, sou a grande “cobaia” deste projeto. Em ambientes tão diversos quanto desertos, cidades grandes ou sagradas, canyons, florestas, lugarejos, pude testar meus limites, rever conceitos e modificar comportamentos frente a situações difíceis ou inesperadas. Descobri, ainda, o quanto é fundamental para o homem lançar mão de todos os atributos a ele conferidos pela mente e pelo coração.
Qual a preocupação nos estudos da Ciência do Ser relatados nos livros de viagem-aprendizado? A preocupação constante nos estudos da Ciência do Ser relatados nos livros de viagem-aprendizado e uma grande reflexão foi a de tentar ajudar as pessoas a encontrar meios de se sentirem felizes e realizadas por intermédio das organizações, associações e grupos com os quais se relaciona, e, sobretudo, dela mesma, porque, em última análise, a busca da harmonia, do equilíbrio emocional e da auto-estima é individual e intransferível. Não se trata de formular um pensamento individualista e sim individual, pois o resgate do bem-estar de um somado ao bem-estar de outros talvez seja a grande alavanca de mudança para se construir uma sociedade produtiva, digna e mais feliz.
E o ser humano na Ciência do Ser? O ser humano não é uma entidade etérea, vaga. Ser humano é você, sou eu e todos que nos cercam. Portanto, se somos uma espécie inteligente e queremos nos preservar, devemos ir ao cerne da questão: compreender que a felicidade de cada indivíduo constitui a felicidade da espécie como um todo. Este é o caminho concreto, o desafio. Logo, é intenção desta filosofia esforçar-se para identificar quais são os instrumentos e armas necessários a cada um nesta missão. A felicidade não é um objetivo fácil e obriga a mudanças às vezes radicais. Trata-se de uma jornada de autoconhecimento, de aperfeiçoar práticas, de alterar comportamentos e atitudes.
Você já terminou suas pesquisas sobre a Ciência do Ser? Devido à extrema capacidade de transformação do mundo, a Ciência do Ser não tem a presunção de esgotar todas as respostas para todos os dilemas fundamentais. As conclusões são apenas o pontapé inicial para novas pesquisas. Mais do que um centro de respostas e conclusões, a Ciência do Ser é uma grande geradora de perguntas. Só entende o mundo quem estiver preparado para começar de novo.
O que é uma “Viagem de incentivo com foco no aprendizado” e “VIP-Adventure”? Uma viagem de incentivo com foco no aprendizado é uma oportunidade de aprender na prática conceitos que muitas vezes parecem teóricos e pouco ligados à realidade de cada pessoa. Sergio Motta os identificou em cada viagem que fez e tratou de organizá-los de maneira clara e coerente. É a melhor forma de premiar e motivar clientes, parceiros e funcionários de sua empresa. É um prêmio que não se pode conquistar, ele é conquistado. A exclusividade da viagem está expressa na programação, que não está disponível para passageiros comuns. Sonhos como realizar uma caravana de camelo pelo Saara, conhecer a mitológica Route 66, percorrer a incrível trilha de Machu Picchu, conhecer os lugares por onde Jesus pregou, conhecer Atenas e as inesquecíveis Ilhas Gregas e expedição em veículos especiais com tração 4x4 off-road no deserto para uma noite especial num acampamento nômade, com jantar numa tenda Beduína entre palmeiras e montanhas, com uma grande fogueira no meio do acampamento. São nesses cenários que serão realizadas as palestras do Sergio Motta, incluídas no conceito de VIP ADVENTURE, a união perfeita entre o prazer de uma viagem inesquecível, com um tratamento VIP que o premiado merece, sempre com um apelo de ADVENTURE.

Esse é o melhor sistema para empresas que buscam aumentar as vendas e motivar funcionários e clientes. Se você atua em recursos humanos, ofereça esse diferencial montando equipes de todos os níveis. Se a área for marketing ou vendas, a viagem servirá como excelente campanha de incentivo, investindo o prêmio em aprendizagem. Ou, então, ofereça a clientes e fornecedores para fortalecer o relacionamento. Nos roteiros conceituais serão apresentadas por Sergio Motta várias palestras. Os roteiros duram 7 dias, em média, e podem ser montadas equipes em qualquer época do ano. Sugerem-se grupos de, no mínimo, 20 pessoas. Os preços variam de acordo com a época do ano e o formato da viagem, que pode ser adaptada à necessidade do cliente.

O que é Outdoor Express? O conceito Outdoor Express tem por objetivo permitir ao participante vivenciar e aprender através das experiências de uma maneira efetiva, prática e desafiadora, num módulo de até meio período (máximo de quatro horas). Possui um custo menor para que mais pessoas possam participar.